Facebook

Twitter

Google Plus

YouTube

Tópicos da conversa de S.E. o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca com os Chefes das Missões Diplomáticas e Postos Consulares

image

Leia os tópicos da conversa de S.E. o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca com os Chefes das Missões Diplomáticas e Postos Consulares.

. A organização de reuniões desta natureza tem sido uma prática nesta casa e tem-se mostrado um fórum útil no debate de ideias sobre o funcionamento deste importante Ministério, especialmente na sua articulação com outros Departamentos do Governo do nosso país, com as nossas embaixadas e os postos consulares e com as embaixadas acreditadas no nosso país; 
Mas estas reuniões têm tido também ou, pelo menos, tem-se esforçado por ter, um papel na avaliação da política externa de Cabo Verde e na identificação dos muitos problemas que afectam o bom funcionamento das nossas representações no exterior e os serviços internos do Ministério.

. No curso desta reunião, sei que passaram em revista temas muito importantes como sejam o funcionamento deste Ministério e a identificação de pistas para a sua melhor organização, como também temas da nossa politica externa, alguns de grande importância para o desenvolvimento do nosso país, como é o caso, por exemplo, da questão da atracção de investimentos estrangeiros e a diversificação da nossa diplomacia económica.
Devo, no entanto, aproveitar esta ocasião para compartilhar convosco algumas ideias e, por que não, algumas preocupações, não somente como Presidente da República, mas também como antigo dirigente deste Ministério.

. Todos nós sabemos das dificuldades de coordenação que existem, de há muito tempo, entre este Ministério e outros departamentos do Governo, dificuldades que, muitas vezes, redundam em desfasamentos no posicionamento de Cabo Verde relativamente a questões da nossa política externa, outras vezes num duplicar desnecessário de energias e recursos. Penso, por isso, que deve haver, entre os diferentes ministérios, uma melhor metodologia de comunicação e de coordenação em questões relacionadas com a nossa política externa ou com o nosso posicionamento nas organizações internacionais de que Cabo Verde é membro, mormente no contexto actual em que as novas tecnologias de comunicação falam mais alto. É por via desta coordenação e métodos de comunicação apropriados que o nosso país falará, como deve, ou deveria, de uma só voz. Talvez tenha chegado o momento para que um grupo de reflexão, envolvendo este e outros ministérios, possa ajudar na identificação de um melhor caminho a seguir neste domínio.

. No contexto especifico de Cabo Verde, os nossos diplomatas tanto nos serviços externos como nos serviços centrais, estão destinados a desempenhar um papel de primeiro plano no desenvolvimento do país e na imagem que dele se projecta ao exterior. Por isso, os nossos diplomatas devem estar bem apetrechados em tudo o que regula ou rege as relações entre Estados ou com organizações internacionais.

Welcome 200GBP Bonus at Bet365 here.